Ex-prefeito de Angical Gilson Bezerra é denunciado por desvio do Fundeb

No município de Angical, uma auditoria interna feita pela atual gestão, aponta fortes indícios de desvio de verba na área da educação. Na última sexta-feira (16), em coletiva de imprensa convocada pelo prefeito Mezo (PP), o mesmo apresentou documentos que mostram que o ex-prefeito Gílson Bezerra de Souza gastou mais de 200 mil reais do Fundef, atual Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para requalificar uma pequena escola no município.

Foi pontuado pela atual administração um exemplo gritante das irregularidades encontradas na auditoria interna, que mostra o mal uso do dinheiro público na gestão do ex-prefeito do município. O documento mostra o possível desvio de recursos na obra realizada na Escola Municipal Prefeito Sulpício Severo de Oliveira, situada no bairro Alto da Santa Cruz, município de Angical.

Mesmo com valores absurdos gastos na realização da reforma de uma sala, construção de 3 novos banheiros, dentre eles, um com adaptação para alunos portadores de deficiências e construção de uma sala de professores, sequer foi colocada uma porta acessível no banheiro destinado aos deficientes, tampouco adaptações necessárias para portadores de necessidades, fazendo com que a única diferença entre os 3 banheiros, fossem as placas de identificação.

“Foram investidos cerca de 200 mil reais dos recursos federais, mas vale ressaltar que pouco se nota o que foi feito na escola. É visível à encanação indo para os banheiros antigos, piso danificado, salas de aulas necessitando de reparos e climatização, cozinha precisando trocar pia e balcão, quintal do fundo afundando, entre muitas outras coisas“, completou o senhor Joacir Silva do Nascimento, Secretário de Educação de Angical.

 

Da redação do Se Liga Barreiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *